8 motivos para você adotar um peludinho

Você realmente entende o significado de adotar um pet?

Além de ser um ato de amor, é também um ato de responsabilidade social.

Sabe por quê?

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), existem cerca de 30 milhões de animais abandonados no Brasil e quase 67% desse número, ou seja, 20 milhões, é representado por cachorros.

Então que tal ajudar a reduzir esse número e de quebra ainda levar um peludinho para casa?

Por que você deve adotar

São tantos benefícios que você não vai conseguir nem arrumar uma desculpa para não adotar um cachorro. Eles são fofos demais!

1. Você terá uma recepção especial quando chegar em casa

Adotar um pet faz bem

Tem coisa melhor do que ser bem recepcionado TODA VEZ que você chega em casa?

Você pode ter saído para conversar com o vizinho por cinco minutos, pode ter passado oito horas trabalhando ou apenas ter descido as escadas para buscar uma correspondência.

A recepção é sempre a mesma: carinhosa, afetuosa e irresistível!

2. Você SEMPRE será amado

Menina e cachorro felizes

Você pode brigar, gritar, ficar estressado, seja o que for… O seu peludinho NUNCA vai deixar de te amar e demonstrar o quanto gosta de você!

Esse é aquele tipo de amor que a gente conhece como incondicional, sabe?

3. Sem ele, as coisas parecerão incompletas

Adotar é um ato de amor

É sério, você vai querer levar o seu peludo para qualquer lugar que você for.

Se você for jantar em algum restaurante, fazer um passeio no shopping, encontrar seus amigos em um barzinho ou viajar e não puder levar o seu amigão, você vai sentir muitas saudades dele.

Você só vai conseguir pensar em como ele poderia estar se divertindo com você ou em como ele odeia ficar sozinho em casa.

4. Ele SEMPRE estará feliz

Cachorro feliz

Sabe aquele comecinho de semana chato?

Em plena terça-feira você queima a sua omelete, tropeça na rua, não acha vaga para estacionar o seu carro e ainda arruma briga no trânsito.

Será que alguma coisa pode deixar o seu dia menos pior?

Pode apostar que sim!

Mesmo se o seu dia estiver péssimo, o seu peludo não vai ficar desanimado como você.

Ele vai fazer de tudo para te deixar feliz, porque todo dia é o melhor dia, só por ter a sua companhia.

5. Você deixará de se importar tanto com a sujeira dele

Que tal adotar?

Tem pelo no chão, no sofá e até na sua roupa. O quintal está cheio de buracos.

Também têm algumas marcas de patinhas pela cozinha, alguns pingos de água espalhados pelo chão da casa e um montão de brinquedo em cima da sua cama. Mas e daí?

Com o tempo, você passa a entender que nada disso importa se você está ao lado de alguém que tem muito amor para te dar!

6. Você colecionará boas histórias

Imagina só! Você está cansado de um dia inteiro de trabalho e só quer chegar em casa e descansar.

Mas quando você abre a porta da sala… Tem espuma da caminha dele para todo lado, fruteira no chão, xixi no sofá e livro rasgado

Resumindo: o seu cachorro decidiu fazer uma BAITA BAGUNÇA enquanto você estava fora.

Nós sabemos que é frustrante no começo, mas depois de algum tempo, você se lembrará disso com umas boas gargalhadas.

7. Ele será uma boa companhia

Cachorro passeando com os donos

Principalmente para os passeios!

Provavelmente você precise acordar um pouco mais cedo para passear com o seu cachorro todos os dias, mas isso será divertido.

Fazer companhia para o seu peludinho e ter a dele é a maior alegria dos seus dias.

8. Você poderá contar com ele para qualquer coisa

Adotar é fazer um pet feliz

É isso mesmo! Pode contar com o seu cachorro para o que der e vier.

Pode acreditar: ele sempre vai te ouvir. Seja sobre o seu dia de trabalho, seus estudos, as brigas no relacionamento, a dieta que você não consegue seguir ou o quanto você se sente cansado por ter tanta coisa para fazer.

O seu peludinho vai dar os pulos dele para te animar e te deixar mais feliz, pode apostar.

E então, conseguimos te convencer a adotar um cachorro?

Esperamos que sim, porque agora é a hora de você entender como fazer isso!

Como adotar um cachorro

Se você não souber como adotar o seu peludinho, vamos às dicas!

Antes de qualquer coisa, entre em contato ou, então, visite as ONGs ou o Centro de Controle de Zoonoses da sua cidade. Feito isso, selecione o lugar onde você realizará a adoção.

Como cada local tem os seus próprios procedimentos, as exigências podem variar, mas as principais são:

  • Ter no mínimo 21 anos
  • Apresentar RG, CPF e comprovante de residência
  • Assinar um termo de responsabilidade de comprometimento com o pet

Dependendo de onde você vá adotar o seu peludo, é possível que seja preciso fazer um cadastro, descrever o seu dia a dia e a sua casa, se você já possui outros animais e qual o seria o planejamento de rotina do seu pet.

Eu adotei meu peludo! E agora?

Adotar um cachorro

Em primeiro lugar, certifique-se de que a saúde dele está em dia.

Caso ele não seja castrado e não tenha sido vacinado e vermifugado, visite um veterinário e coloque tudo em ordem.

Depois disso, é hora de cuidar dos primeiros dias do seu amigão na casa nova!

Ao adotar um cachorro, é preciso entender que talvez essa mudança de vida seja um pouco conturbada para ele.

É tudo muito novo!

São pessoas, lugares e rotinas totalmente diferentes do que ele era acostumado. Por isso, se ele chorar, ficar assustado e fazer algumas coisas erradas, tenha paciência e deixe-o totalmente confortável.

Passado algum tempo, tudo se acertará e você saberá como aproveitar ao máximo a companhia do seu peludinho.

E lembre-se: adotar, além de ser um ato de amor, traz felicidade, alegria e satisfação para os seus dias!

Comentários